Botox para o tratamento de Paralisia Facial!

Hipercinesia Muscular da Região Perioral Contralateral é a paralisia da metade do rosto e pode ser tratada com toxina botulínica tipo A

A toxina botulínica tipo A é amplamente utilizada para atenuar e prevenir rugas, contudo recentemente ela vem sendo aplicada no tratamento de pacientes que tiveram paralisia parcial da face (Hipercinesia Muscular da Região Perioral Contralateral). A paralisia facial periférica acontece por uma disfunção do nervo que movimenta os músculos da metade da face, pode ocorrer por diversos motivos como infecções, traumas, distúrbios de glicemia, mas na grande maioria dos casos não há diagnóstico de causa, sendo chamado de Paralisia de Bell.

Embora seja difícil detectar o motivo que desencadeia esse problema nervoso, há maneiras de tratar a paralisia, que assusta o paciente e familiares, pelo fato de o rosto ficar assimétrico e a boca entortar para o lado saudável. A fraqueza que acomete uma parte da face pode trazer dificuldades em fechar as pálpebras do lado enfraquecido, por isso é importante fazer acompanhamento com um neurologista, até mesmo para que ele faça o diagnóstico correto.

Tratamentos

Aqui chega a parte que nos interessa: muitas vezes a paralisia melhora sozinha, até sem ajuda de medicamentos á base de corticoides ou antivirais, contudo é um processo que demora um pouco. A assimetria facial por longo período incomoda muito os pacientes, que tem uma imagem distorcida de si e ficam envergonhados com a aparência da paralisia. Para fins estéticos, de qualidade de vida e mesmo tratamento, a toxina botulínica do tipo A (o Botox) tem se mostrado muito importante na melhora desse quadro, já que a toxina promove o relaxamento muscular, deixando os dois lados mais simétricos, devolvendo o aspecto saudável ao rosto. O Botox possui ação temporária, mas os estudos realizados por médicos pesquisadores da FMUSP têm mostrado excelentes resultados e satisfação dos pacientes submetidos a esse tratamento.

Cuidados

Antes de se submeter a qualquer tipo de tratamento é importante que você visite um médico, assim que notar a paralisia da face, pois pode ser um dos sintomas associados ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), contudo esse quadro apresenta outros sintomas como dormência e fraqueza nos braços, dores de cabeça muito fortes etc. Caso o diagnóstico foi paralisia facial parcial, consulte um neurologista e um dermatologista e certifique-se de que esse é o tratamento mais adequado para seu caso

 

Referência principal: http://www.internationalarchivesent.org/conteudo/pdfForl/401.pdf

COMENTÁRIOS